FTT - Futebol de Todos os Tempos

ENTREVISTAS COM EX JOGADORES, TECNICOS, DIRETORES E PESSOAS LIGADAS AO FUTEBOL QUE CONTRIBUIRAM DE ALGUMA FORMA PARA QUE PUDESSEMOS CONHECERMOS UM POUCO MAIS DA HISTORIA DO FUTEBOL BRASILEIRO E MUNDIAL.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

O Craque disse e eu anotei - MARQUINHOS (Atletico e Inter)


Tenho um amigo de longa data, a mais de 20 anos para ser mais preciso e que joga uma "pelada" todos os sabados com  Marquinhos ex craque do Atletico. Pedi a ele que fizesse um primeiro contato e imediatamente me colocou ao vivo com o ex atleta por telefone. Muito recptivo e simpático, Marquinhos aceitou a entrevista que foi feita em sua maravilhosa casa na região da Pampulha. Numa aconchegante e grande sala , repleta de seus trofeus , faixas e camisas realizei a entrevista , bem descontraída.


1) FTT - Você foi formado nas divisões de base do Atletico, sendo campeão em todos os anos desde o infantil em 80 e 81 , depois no juvenil em 82 e 83 e no junior em 84. Você se inspirou em algum jogador no seu inicio de carreira? Quem foi seu idolo?

MARQUINHOS - Na verdade me inspirar não pois ele foi bem acima daquilo que eu joguei mas sempre me fascinei vendo Reinaldo jogar. Na arquibancada eu torcia demais por ele e depois vendo o nos treinos no Atlético. Reinaldo foi acima da media


Bruno com a camisa vermelha para homenagear o Inter e  Marquinhos


2) FTT - Qual foi seu melhor ano no Atletico?
MARQUINHOS - 87 e 88. Apesar de 87 perdermos o campeonato para o Cruzeiro, o time do Atlético era muito bom. Já em 88 foi excelente e eu fiz um dos gols na partida contra o Democrata fora de casa e que nos deu o titulo antecipado.



3) FTT - O Atletico teve uma sequencia incrivel de 3 anos seguidos saindo nas semifinais do Brasileiro. 85 para o Coritiba, 86 para o Guarani e 87 para o Flamengo? Qual foi a mais frustrante e o que faltou para chegar as finais? 

MARQUINHOS - Sem duvida foi a de 87. Nosso time tinha vencido os dois turnos no campeonato e estava certinho. No jogo do Maracanã jogamos muito bem, melhor até do que o Flamengo mas aí o Bebeto pegou um chute meio sem jeito e encobriu o João Leite fazendo 1x0. Veio o jogo da volta no Mineirão e tinhamos convicção de que poderíamos vencer pois fizemos um excelente campeonato. O time era bom mas perdemos o Paulo Roberto logo no começo e o Flamengo abriu 2x0. Mesmo com 10 jogadores buscamos o empate em 2x2. Aí num contra ataque o Renato Gaúcho fez o gol e decidiu a partida. Mas o Flamengo também era um grande time com Bebeto, Zinho, Leonardo e Renato Gaúcho.


Marquinhos puxando a fila de jogadores na entreda do galo no Mineirão.


4) FTT - Cite 5 jogadores inesqueciveis com quem você jogou nestes seus anos de Atletico.
MARQUINHOS - Eder, Luisinho, João Leite, Renato e Sergio Araújo que na época era muito bom jogador e veloz.

1987 - João Leite, Batista, Luizinho, Chiquinho , Éder Lopes e Paulo Roberto
Agach Sérgio Araújo, Marquinhos, Renato , Wander Luiz e Marquinho Carioca

1987 -  Batista, Luizinho, Luis Cláudio, Éder Lopes, Paulo Roberto e Pereira.
Agach Sérgio Araújo, Wander Luiz, Marquinhos, Zenon e Renato Pé Murcho.

05) FTT - Você teve como companheiro por 3 anos no Atletico e depois no Inter o atacante Gerson que foi inclusive artilheiro das Copa do Brasil em 89 e 91 pelo Atletico e 92 pelo Inter.

Como você recebeu a noticia da sua morte em 94 com apenas 28 anos?

MARQUINHOS - Eu acompanhei tudo cara. Foi como você disse, eu joguei com ele aqui no Atlético e a gente se dava bem dentro e fora de campo. Nossas esposas se conheciam e a gente se encontrava de vez em quando. E então logo depois que eu acertei com o Inter ele também acertou. Lá no sul a gente foi super bem e ganhamos estes titulos e tudo.

Gerson e Marquinhos campeões e amigos no Atletico e depois no Inter.

 Já em 92 ele começou com este problema e foi difícil. Ele fazia aqueles exames e eles demoravam a dizer o que era e a gente sem saber. No começo de ano a gente fazia aquela bateria de exames e o exame dele pediram pra repetir. Poxa, eu lembro que ele ainda continuou jogando , mesmo com os boatos. Não deram a notica de cara não. Ficaram enrolando e ele também desmentindo dizendo que não era nada. E o Gerson continuou jogando. Lembro que no Brasileiro muita gente começou a pegar no pé dele e eu fui acompanhando então o caso todo.

Depois quando a coisa começou a pegar mesmo, ele foi ficando fraco e a coisa foi difícil pra caramba. Você vai vendo o cara acabando ali. Me lembro que numa das ultimas visitas que eu fiz pra ele , foi terrível pois ele já estava pele e osso só. Então foi muito sofrimento pois era um cara que estava junto comigo a um bom tempo e tem o lado da família que sofreu demais. Ele tinha mulher e três filhas. Então foi um acontecimento muito chato e marcante na minha vida.

(Na época a noticia que se dava era que Gerson contraiu o vírus HIV e morreu em consquencia disto. Já a sua família diz até hoje que foi toxoplasmose.

06) FTT - Qual foi seu jogo inesquecivel?
MARQUINHOS - Teve um pelo Atlético contra o Cruzeiro em 88 que eu fiz o gol da vitória por 1x0 de fora da área e inclusive foi o “Gol do Fantástico” . A gente praticamente ganhou o campeonato neste jogo pois aí nós abrimos não me lembro se 3 ou 4 pontos e logo depois jogamos contra o Democrata fora e eu fiz outro gol e neste jogo ficamos campeões antecipados.



07) FTT - Você chegou a ser convocado para a seleção Brasileira?
MARQUINHOS - Fui chamado em 1990 pelo Falcão. Jogeui junto com outros mineiros, o Paulão e Adilson zagueiros do Cruzeiro. alem de Gerson e Moacir do Atletico.
(Jogou como titular contra o Mexico em amistoso de 12-12-90 no empate em 0x0 nos EUA) 




08) FTT - E dos zagueiros contra quem você jogou , apesar de você ser meio campo qual era aquele difícil de passar?
MARQUINHOS - Não era zagueiro mas teve um volante que eu enfrentei varias vezes aqui do Cruzeiro que era o Ademir. Era difícil jogar contra o cara. Marcava em cima , ele era muito forte e acompanhava o campo todo. Teve o Douglas também mas este já era mais técnico. Tinha o Marcio Bittencourt do Corinthians também que era outro volante difícil de passar. Este chegava muito junto.
Faixa e medalha de campeão mineiro em 86.


09) FTT - Qual foi seu melhor treinador ou o grande professor no futebol?

MARQUINHOS - Tele Santana. Como treinador com toda certeza foi ele. Ele tirava o maximo do jogador. A parte técnica pra ele era muito impotante. O jogador tinha que saber cruzar, saber passar. Pra ele isto era fundamental. E eu dei muita sorte porque estava subindo dos juniores e logo no meu primeiro ano de profissional e ele corrigia as deficiências que a gente tinha. Eu por exemplo era o condicionamento físico e ele pegava no meu pé. Me mandava treinar mais. A genet sabe de historias do Tele em que depois do treino ele deixava alguns jogadores treinando por um bom tempo pra corrigir suas deficiências e estes jogadores cresceram com isto.

O Tele era interessante porque o que ele nos ensinava era o que rolava no jogo de verdade. Porque tem treinador que vem com esta de passa pra cá, passa pra lá e situações que não acontecem no jogo e ficam só na teoria. O Tele não, era simples mas treinav os fundamentos necessários de cada um, tipo cruzamento dos laterais e tudo mais que acontecia no jogo.


MARQUINHOS VAI PARA O INTERNACIONAL


10) FTT - No ano de 1991 você é vendido ao Internacional. Não era um time tão tecnico como o do Atletico mas tinha muita força. Como foi sua adaptação?
MARQUINHOS - Nesta época o Brasileiro era no primeiro semestre e o estadual no segundo. No meio do ano após o Brasileiro pelo Atlético eu fui pro Inter.
O pessoal falava muito que lá no sul o futebol era mais de força e eu era mais técnico, mas foi tranqüilo. Logo que eu cheguei o Inter também vivia um momento de transição, trocando vários jogadores. Foi um desafio pois o Grêmio vinha de uma seqüência de títulos gauchos e precisávamos ganhar. Logo na minha primeira temporada conseguimos ser campeões e aí consegui me firmar de vez.

Marquinhos e a camisa do Inter com que foi campeão da Copa do Brasil em 92


9) FTT - Lá você conquistou o campeonato gaucho e a Copa do Brasil no mesmo ano?

MARQUINHOS - Eu conquistei o gaúcho em 91 e o bi em 92 Neste ano ganhamos também a Copa do Brasil. Foi um ano maravilhoso.


Inter campeão da Copa do Brasil em 1992. Marquinhos é o ultimo a direita e ao seu lado Gerson e Mauricio.

10)FTT - Você se lembra da partida final da Copa do Brasil?

MARQUINHOS - Lembro bem. Foi pedreira. O primeiro jogo foi nas Laranjeiras , um estádio para os dias de hoje sem a mínima condição de realizar uma final de Copa do Brasil.Fizeram um caldeirão. A torcida toda em cima fazendo muita pressão e eles acabaram vencendo por 2x1. Mas nós conseguimos fazer um golzinho que foi importante.


No jogo de volta fizemos um gol no finalzinho, num jogo de muita pressão também. Eles disseram que não fo pênalti mas nosso time mereceu o titulo. Fizemos uma bela campanha e eliminamos o Corinthians, o Grêmio nos pênaltis em dois grandes jogos e na semifinal o Palmeiras.

Marquinhos comemora o gol com seus companheiros de Inter.

11) FTT - Você participou de duas das maiores rivalidades do futebol brasileiro. Atletico x Cruzeiro e o Grenal. Dá para dizer qual rivalidade é maior?

MARQUINHOS - Eu acho que no sul é mais pesado, a rivalidade lá é maior. A gente sentia isto no dia a dia. Você não podia comprar carro azul (jogador do Inter) os do Grêmio não podiam usar carro vermelho, enfim era um negocio meio radical mesmo. Até mesmo amizade entre jogadores rivais era difícil.

Aqui em BH também é pesado mas lá no sul é pior.

http://www.youtube.com/watch?v=Mq54yz2u52Q

O PRIMEIRO DO GOL DO ATLETICO NA VITORIA POR 3X2 SOBRE O CRUZEIRO EM 87 É DE MARQUINHOS.



12) FTT - O atual time do Internacional possui bons jogadores como Renan, Bolivar, Indio, Guinazu, Sandro, D'Alesandro, Giuliano, Andrezinho, Tayson, Rafael Sóbis, Alecsandro entre outros. É o melhor plantel do Brasil?

MARQUINHOS - Para mim antes era o Santos mas com a saída do Robinho eles perderam demais. É um jogador que desequilibra e se perder então o Neymar complica mais ainda.
O Inter tem um plantel forte sim , assim como o Fluminense . Este eu não gosto da defesa mas do meio pra frente é muito bom.

13) FTT - Mas e o Atlético , pelo menos no papel tem um grande plantel também ou não?
MARQUINHOS - O problema do Atlético é apostar em jogadores que deverão se recuperar durante o campeonato. O Diego Sousa por eemplo ainda não apresentou seu melhor futebol. O Mendes não estreou, o Daniel Carvalho quando estava bem se contundiu. O Atlético está pagando um preço alto por pegar jogadores se recuperando de contusões. Agora eu acho que quando os caras se recuperarem o time é bom e vai se engrenar.


Medalha e faixa de campeão da copa do Brasil 92 e ao fundo foto do time junior do Atletico.

A faixa de bicampeão gaúcho com a foto do time campeão.


14) FTT - E O Japão. Como foi sua experiencia por lá no Cerezo Osaka?18) FTT - Você como ex jogador acha que realmente é necessario um tecnico poupar jogadores hoje em dia ? Não é possivel atuar em duas partidas em uma semana?

MARQUINHOS - Foi bacana demais principalmente na parte financeira. Eu joguei no Atlético e no Inter mas nesta época você não juntava muita coisa aqui no Brasil não. Apareceu então a oportunidade e eu fui emprestado pelo Inter. Eu fui em 94 e o Cerezo Osaka era um clube da segunda divisão e eles me disseram que se desse certo me comprariam. Fizemos uma boa campanha e fomos campeões e eles me compraram e eu fiquei lá por mais dois anos.

Marquinhos na area de churrasco de sua casa com as camisas do Cerezo Osaka e do Atletico.



15) FTT - E teve mais algum brasileiro com você lá no Japão?
MARQUINHOS - Teve. Na época que eu fui teve este Toninho Cecílio que hoje é técnico do Vitória e o Moura centro avante do Sport. Fomos nós três. Depois , nos anos seguintes apareceram outros pois eles trocavam e compravam novos jogadores e chegaram o Bernardo ex São Paulo, o goleiro Gilmar, Sergio Manuel, Cuca entre outros.

16) FTT - E a adaptação ao Japão foi fácil?

MARQUINHOS - Bem , no começo foi difícil. Na época não tinha TV como tem hoje a Globo lá. Não tinha net , nem computador como nos dias de hoje pra se comunicar. Então era muito difícil , principalmente pra família como a minha mulher,. Porque eu estava sempre treinando ou viajando mas ela que estava com meus dois filhos pequenos sendo que um tinha acabado de nascer não foi fácil.
Mas lá é muto tranqüilo pra se viver. A cobrança também era pequena. Depois a gente se adaptou bem com a ajuda de outros brasileiros o que também facilita muito.

Marquinhos ajudou o Cerezo Osaka a ser campeão da segunda divisão japonesa e subir a primeira.

A faixa de bicampeão conquistada no Atletico antes de sair para o Japão. Ao fundo foto de Marquinhos no Cerezo Osaka.


17) FTT - E quem foi seu técnico ?
MARQUINHOS - Ele era brasileiro, o Paulo Emilio.

18)  Você como ex jogador acha que realmente é necessario um tecnico poupar jogadores hoje em dia ? Não é possivel atuar em duas partidas em uma semana?

MARQUINHOS - Eu te falar como jogador é difícil pois na minha época a gente sempre jogou quarta e domingo. Agora, hoje o jogador é muito mais exigido, o jogo é mais corrido, mais pegado. Já vi estatísticas de quanto um jogador corria antigamente e quanto corre hoje e é bem mais puxado.
O jogador em si prefere jogar a quarta e o domingo do que ficar treinando poi ninguEm gosta de treinar. Mas o que eu acho é que o cuidado é mais voltado a este desgaste pois a exigência hoje é muito maior. É o caso do inter que está no inicio do Brasileiro e ao mesmo tempo numa final d Libertadores. Está arriscado colocar os titulares eum deles se machucar e fazer falta na final. Portanto é dificil a gente dar um parecer.
19) FTT - Quais jogadores te encantam hoje no futebol brasileiro?
MARQUINHOS - O Ganso que vem se destacando demais. Parte técnica e inteligentíssimo pra jogar bola. O Neymar também apesar da pouca idade vai dar muitas alegrias ainda.
Gosto muito do Hernanes também. Jogador de meio campo completo que joga com as duas pernas, sabe lançar, sair , sabe fazer gols. A gente gost de ver e hoje tem poucos.

20) FTT - Gostou da atuação da nova seleção brasileira?
MARQUINHOS - Gostei. Um time que joga pra frente, que tem bons jogadores como o Ganso que sabe meter a bola na hora certa muito inteligente. Tocaram muito bem a bola.
Tem futuro


5 comentários:

  1. Mais uma boa entrevista do Bruno. Gostava muito deste time do Atlético de 1987. O Marquinhos foi um destacado jogador na sua época.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado Bruno!
    Por vários anos eu procurei na internet alguma notícia sobre Marquinhos.É um craque que encantava.
    Não perdia nenhum jogo do inter com ele jogando. As maiores alegrias como torcedor eu tive com ele e Baiano, meio-campo do Náutico-PE. Fico muito feliz em saber que ele está bem. Será que é possível conseguir fitas ou dvds com os jogos dele? Se for, pago os custos para tê-los. Muito obrigado Bruno!
    Um grande abraço,
    Marquinhos, Abreu e Lima/Pe
    correiodemarcos@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  3. jeronimo souza( je_poa@hotmail.com)4 de janeiro de 2012 01:07

    marquinhos foi meu ídolo no inter, na época eu tinha uns 15 anos quando inter foi campeão da copa do brasil e o marquinhos gastava a bola jogava muito.
    até hoje me lembro do grito da torcida marquinhos, marquinhos, marquinhos, marquinhos muito obrigado pelo que vc fez pelo inter e pela torcida do inter parabéns sucesso.

    ResponderExcluir
  4. Excelente entrevista com o meia, só que o gol mais importante dele com a camisa do glorioso com certeza foi esse narrado por ele, só que esse gol aconteceu 11/06/1989 e não em 1988...
    inclusive gostaria muito de ver esse gol de novo e infelizmente não consigo achá-lo na internet mesmo eu sabendo da data exata...... se vcs puderem me ajudar....
    crislacerda13@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Preciso de algum contato do Marquinhos, de preferencia algum e-mail pois preciso falar-lhe. Agradeço.
    Meu e-mail: harleylf_@hotmail.com

    ResponderExcluir